As mudanças do marketing nos últimos 10 anos

As mudanças do marketing nos últimos 10 anos

Desde sempre o objetivo do marketing é abraçar e entender o perfil do consumidor, traçando estratégias para mapear suas decisões de compra. Mas o que mudou de 2010 para cá?

Em 10 anos, a comunicação e tecnologia evoluíram na velocidade da luz, impactando diretamente no perfil do consumidor e seu comportamento. Com isso, o marketing precisou se reinventar para atender esse novo perfil, dando vida ao marketing digital.

Agora, vamos voltar um pouquinho no tempo:

Como o marketing alcançava os clientes?

E-mail marketing em massa! Os servidores de e-mails não tinham muitas restrições e por isso, muitas empresas de data mailing ofereciam listas segmentadas para disparos periódicos. Esse era o caminho mais limpo, mas muitas empresas compravam listas aleatórias e disparavam por conta própria. Hoje, o e-mail marketing possui 23923843 regras. Seu objetivo atualmente é nutrir os clientes ativos e atrair potenciais clientes, oferecendo informações mais refinadas. Importante: só recebe o e-mail quem autoriza através de alguma ação paralela. Esse processo faz parte do Inbound Marketing. E, graças a Deus, as listas em massa ficaram no passado.

E as mídias sociais, como eram?

Lembra do Orkut? Perdia força a cada dia, mas ainda existia. Essa rede chegou a contar com mais de 30 milhões de usuários no Brasil e tinha como ponto forte, as “comunidades”, que reuniam as pessoas por interesses em comum.

O Facebook já tinha 40 milhões de usuários brasileiros em maio de 2010. A divulgação de serviços estava movimentando as empresas, que podiam ser marcadas em check-ins da rede social.

Começava então os primeiros projetos de Gestão de Mídias Sociais, com imagens de produtos / serviços e contato direto com os usuários. Vale lembrar que o alcance era muito alto no início da década e as mensagens atingiam a todos.

Hoje, Gestão de Mídias Sociais, envolve um conjunto de ações muito mais complexo: produção de conteúdo (textos otimizados, imagens e vídeos atrativos), impulsionamentos, anúncios e mensurações de dados. Esse processo tornou-se primordial, considerando o aumento da concorrência digital e o alcance restrito no Facebook. Além disso, temos o Instagram, dominando o mercado social.

Não existia WhatsApp!

Os clientes se comunicavam por ligações, SMS ou e-mail. Inacreditável um mundo sem WhatsApp, não é mesmo?

O WhatsApp Business chegou ao Brasil e logo se transformou no maior canal de comunicação de pessoas físicas e jurídicas.  Com ele, é possível automatizar respostas e criar listas de transmissão. Hoje utilizamos esse canal como ação de relacionamento e pós-venda no Marketing Digital.

E os sites?

Não havia muitas opções de plataformas online para a criação de sites. Na época, o forte era o Blogger.

Os sites institucionais eram criados do zero, com alto custo e longo prazo de desenvolvimento. Com a chegada do WordPress e outras plataformas CMS, o modo de criação evoluiu. E muito!

Hoje, muitos pontos são levados em consideração para o desenvolvimento de um site:

  • Planejamento
  • Estrutura e conteúdo (SEO)
  • Experiência do usuário
  • Versão mobile
  • Acessibilidade
  • Outros

 

O mundo gira muito rápido e as mudanças seguem na velocidade da luz. Alguém imagina como o marketing estará em 2030?  Palpitem 😉